Logo - Modare Ultra Conforto

Abrir Menu Mobile

Blog Modare Ultraconforto

MODA SUSTENTÁVEL | 23.11.2021

Práticas para começar o seu guarda-roupa sustentável

E elas são superfáceis para que você comece agora mesmo a se envolver com roupas e calçados com maior longevidade. 

 

Quem lembra do tempo em que uma das regrinhas do dress code feminino era não repetir as mesmas tendências? Ainda mais pelo receio de ouvir “fora de moda”, pois, o passo seguinte, seria se antenar para adquirir as próximas, uma atitude para não perder o status de fashionista. 

Felizmente, esse comportamento tem mudado, pois as mulheres estão mais preocupadas com a sustentabilidade, focando na longevidade de roupas e de calçados. Sem contar que, devido à rapidez com que o screen style tem movimentado a moda, o fator nostalgia tem ressignificado o papo de “fora de moda”, já que itens do passado estão mais valorizados e permanecem por mais tempo no radar das influencers - especialmente das que adotam o consumo consciente.

E o consumo consciente coloca no topo da lista produtos (e a manutenção dos mesmos) de maior qualidade e que, ao mesmo tempo, ajudam na preservação do meio ambiente. 

Pronta para ter um guarda-roupa mais sustentável? A Modare Ultraconforto preparou essas dicas para te inspirar! Inclusive, para te mostrar que essa atitude nunca dispensa estilo!
 

1. Você vai usar essa peça 30 vezes?

Essa é uma ideia de Livia Giuggioli, co-fundadora da agência Eco-Age, que é especializada em sustentabilidade. Em 2016, ela iniciou uma campanha chamada #30Wears e a essência é simples: no ato da compra, você se questiona se a peça será usada por pelo menos 30 vezes. Interessante, né? Além de nos fazer repensar o que queremos usar, com foco em durabilidade, passamos a escolher peças versáteis e que podem ser estilizadas em várias circunstâncias. 

O mesmo raciocínio vale para a escolha de tons amigáveis, como rosa, preto e mostarda que atendem os dias em que o look pede tons neutros ou uma dose de vibração. E a melhor parte de decidir a paleta de cores é que os calçados estão incluídos! Modelos como scarpins e mocassins são curingas da moda casual por terem características atemporais.
 

2. Invista em roupas que transitam em todas as temporadas

A ideia é adquirir peças que funcionem o ano todo (por isso, é importante que você faça um exercício de auto-observação sobre o seu estilo e, principalmente, sobre as peças que “falam” quem você é!). Além disso, o lugar que você mora, analisando qual o clima predominante, como no Nordeste que faz mais calor e indica que roupas de verão terão mais espaço do que as de inverno. Essa análise também tem relação com a manutenção das chamadas peças base, como jeans, t-shirts, blusas, camisas, blazers e jaquetas com cortes clássicos (e que estão sempre na moda!), vestidos estampados, etc..

O mesmo vale para calçados e os esportivos são os favoritos do gosto feminino, de maneira geral! Até porque eles têm, hoje, aparências dinâmicas e aspectos funcionais, que cabem certinho no look casual feminino. Além de inspirarem escolhas cada vez mais sustentáveis. 

O modelo da Modare Ultraconforto, por exemplo, é composto por fibras PET, ressignificando o plástico das garrafas e tornando-o parte da composição do knit (malha que é essencial na moda sustentável). O esportivo ainda é bastante flexível com a presença do elástico que, inclusive, dá mais conforto para as mulheres que têm os pés sensíveis. 
 

3.  Troque com amigas ou doe suas roupas

A troca entre amigas é uma oportunidade superbacana de ativar laços (e fazer uma bela economia!). Já na doação, você experimenta a oportunidade de praticar uma atitude do bem com a sua comunidade. Vale até criar um bazar, divulgar nas redes sociais, chamar conhecidos e vizinhos, criando um comportamento sustentável. Outra ideia é tornar o bazar beneficente e destinar parte da renda para uma instituição da sua cidade. Desta forma, você continua a prolongar mais a vida de roupas e calçados em vez de descartá-los, além de fazer a diferença na vida de outras pessoas!
 

4. Faça pequenos consertos

É natural que o tempo de uso acarrete aqueles furinhos nas peças, mas não quer dizer que elas precisam ser dispensadas. Então, que tal aprender algo novo? Costurar, além de trazer vários benefícios para a concentração e ser um meio de se autoacalmar depois de um dia cheio, cria o hábito de cuidar com atenção e afeto do que existe no guarda-roupa. E você pode dar toques pessoais por meio da customização, que acontece com vários itens, como o jeans. 
 

5. Cuidado e critério

Mas no sentido de focar na qualidade! Pense que, quanto mais qualidade as peças tiverem, mais elas atenderão o comportamento sustentável. Esse processo traz novos hábitos,  como pesquisar e analisar a origem dos produtos que está comprando. É um exercício interessantíssimo saber onde, como e quem faz tudo o que você consome. Estamos vivendo esse momento de transformação que trará benefícios para sua vida e o planeta.

Gostaram? Não se esqueçam de conhecer a coleção da Modare Ultraconforto, cheia de opções que, anotem aí, não tem origem animal em sua composição.  

Leia também: 3 ideias para um closet inteligente


  
 

MODARE ULTRACONFORTO

Os melhores insights sobre bem-estar, moda sustentável, beleza e autocuidado para que as mulheres se sintam inspiradas a usar o que as deixam confortáveis diariamente e que esteja em sintonia com as últimas tendências.

x

Fique por dentro
das novidades